Aprendizes participam de palestra sobre políticas públicas para o meio ambiente e educação

A turma do curso de Auxiliar Administrativo do Programa Aprendiz Cooperativo, desenvolvido pelo SESCOOP/RN, participaram de uma palestra sobre políticas públicas para o meio ambiente e educação para os jovens.

A palestra foi ministrada pela doutora em psicobiologia Kelly Consard. Ela destacou que o poder público tem o dever de atuar com políticas públicas, de forma eficaz na defesa do meio ambiente para evitar sua degradação, na prevenção do dano ambiental e com o objetivo de preservar e restaurar os processos ecológicos essenciais.

Neste sentido, segundo a palestrante, é de grande importância a participação da sociedade no assunto. “O cooperativismo pode dar uma grande contribuição no desenvolvimento de políticas públicas, atuando em parceria com o poder público proporcionando benefícios para a sociedade em diversos ramos”, explicou a palestrante.

A palestra sobre políticas públicas foi trabalhada na disciplina de formação humana e científica. De acordo com a instrutora da disciplina, o desenvolvimento de políticas públicas e a participação da sociedade para a construção destas iniciativas se inserem na disciplina de formação humana e científica e faz conexão com o sétimo princípio do cooperativismo, o interesse pela comunidade. “Esse tipo de debate engrandece não apenas no aspecto profissional, mas, também, no âmbito das relações pessoais dos jovens aprendizes, o que pode ter reflexos no desenvolvimento de seus trabalhos nas cooperativas”, destacou Eloize Costa.

O Programa

O Aprendiz Cooperativo, proporciona às cooperativas as condições de adequação à lei 10.097/00 e ao decreto 5.598/05, que estabelecem cota obrigatória de contratação de jovens aprendizes para cooperativas que se enquadram nos critérios de médio e grande porte. De acordo com a legislação, todas as empresas de médio e grande porte devem contratar um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.

As vagas do programa são destinadas as jovens de 14 a 24 anos incompletos que estejam cursando o ensino fundamental ou o ensino médio. A coordenadora do Aprendiz Cooperativo no Rio Grande do Norte, Régia Dias, avalia que o programa pode contribuir na formação e desenvolvimento da vida profissional e cidadã destes jovens. “Uma contribuição para que eles sejam absorvidos por qualquer empresa que necessite de profissionais comprometidos e capacitados com o trabalho”, afirma Régia.

Como o Aprendiz Cooperativo é modular, o SESCOOP/RN recebe aprendizes das cooperativas durante o ano inteiro. Para mais informações ligue: (84) 3605-2531 e fale com a Formação Profissional.